Às nossas melhores mães do mundo


A maternidade é linda, mas às vezes também muito dura.


Ser mãe vai muito além das revoluções perfeitas do corpo feminino.


Ainda que estejamos na mesma montanha-russa, ser mãe é sentir um gosto diferente do que eu ou qualquer outro pai do mundo pode tentar imaginar.


A maternidade é linda, mas às vezes também muito dura.


Ser mãe é ser enaltecida nas conquistas que só a maternidade pode proporcionar. Mas também ser esquecida nos momentos de profunda solidão que só a maternidade pode proporcionar.


Ser mãe é ganhar responsabilidades gigantes, e culpas também. É num minuto se orgulhar de gerar e sentir o maior amor do mundo – e no momento seguinte se questionar se realmente é capaz de lidar com tudo isso. Ser mãe é forte, é transformador, é tanto. É sentir que a partir de agora tudo é muito.


Ser pai é saber que todo dia é dia de reconhecer a mágica da maternidade. E de agradecer a sorte de podermos ter ao lado alguém tão abençoado pra nos guiar nesse caminho igualmente transformador que é a paternidade.


Eu agradeço todos os dias em saber que ao meu lado tenho as melhores mães do mundo. A minha, que de forma incrível passou por tudo isso e me fez o homem que sou. E a do meu filho, que hoje escreve comigo a cada dia as linhas da história mais importante das nossas vidas. Com elas aprendo, e por elas peço pra que eu sempre tenha a força necessária pra lembrá-las de tudo isso, mesmo quando elas achem que já não restam forças. E que ninguém poderá iluminar tão bem as escuridões como elas mesmas. Afinal, ser mãe é ser luz. E elas são a nossa.


Que hoje todos possam ter aproveitado um lindo dia, cada um com a sua melhor mãe do mundo. Eu e Martin aproveitamos ❤🙏🏼.



Mamãe e Tintin

Eu e minha mãe









#diadasmães #paternidade #maternidade